Cadáver Esquisito  

Posted by Unknown in

O próximo texto será o primeiro da rubrica "Cadáver Esquisito". O texto é escrito a duas mãos. Neste caso, eu escrevi a primeira parte que pode ser lida a verde garrafa e dei a ler à Ipsis Verbis, unicamente o parágrafo que podem ler a cinzento. A partir desse parágrafo ela escreveu o final de estória (vermelho vinho), sem nunca ter lido o inicio.

Podem ler o resultado abaixo desta explicação.

This entry was posted on quarta-feira, novembro 12 at quarta-feira, novembro 12, 2008 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the .

0 Devaneios