Cavaleiro da Alvorada  

Posted by Unknown in

Foi numa noite apagada que tudo começou
Fugindo da madrugada e daquilo que eu sou
Encontrei um caminhante que me disse sem falar
Para parar correr e viver a vida a caminhar

Caminhei na noite eterna em busca da alvorada
Seguindo sempre em frente a cada encruzilhada
Cavaleiro sem cavalo, reino, espada ou destino
Frio, ausente e distante, um parvo armado em paladino

Ansiei em encontrar o calor de um sentimento
Em tudo diferente do fingimento do momento
Foi então que encontrei a mais bela das mulheres
Num campo verdejante salpicado de malmequeres

Ao longe o oceano da minha vida que já não é
O teu longo cabelo a ondular ao som da maré
As estrelas ofuscadas pelo brilho do teu olhar
Perdemo-nos num abraço de quem aprendeu a amar

Os nossos olhos cantaram uma canção que não escrevi
Mas uma nuvem negra levou o melhor momento que vivi
Perdido, olho em volta e não vejo vestígios de um caminho
Sigo em frente consciente de que sigo só mas não sozinho

This entry was posted on domingo, agosto 15 at domingo, agosto 15, 2010 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

7 Devaneios

"Só, mas não sozinho" faz a diferença toda...

Muito romântico, este texto.
Estás doente? ;)

Beijitos :D

20 de agosto de 2010 às 00:38

Doente? Não há doença que me pegue :)

Estou ainda sob os efeitos secundários das férias, isto já volta ao normal assim que a pressão do trabalho desabar sobre mim... lá mais para o fim do ano escreverei coisas mais negras de acordo com a pressão de final de ano :)

20 de agosto de 2010 às 00:42

Logo vi...

"Erva ruim, nem a geada a queima!" ;)

Ah, este texto é romântico mas escuro, pah!
Não escrevas coisas mais negras... [MEDO]

Ainda de ressaca das férias???
Para mim, férias é um mito até dia 20 de Setembro... :(

Beijitos :)

20 de agosto de 2010 às 00:47

Não é só isto, mas é isto que publiquei. se achar que merece e se me apetecer publico mais.

20 de agosto de 2010 às 00:57

Obviamente, meu caro "Watson"...

Ainda mandas nas tuas publicações!!! ;)

Mas se quiseres, empresto-te os meus lápis mais vivaços!

(Tu havias de passar uma semana comigo, pah! Até a vida te ia parecer mais colorida*!)

Beijitos


* Não, isto não é uma expressão de carácter sexual e duvidoso... lol

20 de agosto de 2010 às 01:46

Eu tenho os lápis todos mas só uso alguns, ao contrários dos parafusos, só tenho alguns e preciso de todos :)

20 de agosto de 2010 às 04:57

Então tenho de ensinar-te a usá-los!!! :p

Quanto aos parafusos...
Andas a precisar de montar alguma coisa, para que sintas a falta deles? ;)

20 de agosto de 2010 às 09:43

Enviar um comentário